Blog da Morango

Categorias

Histórico

Me sentindo estuprada

Morango

16/01/2012 00h40

Passei o dia indignada. Como mulher, como ex-participante do “BBB”. Agora, como jornalista, tenho a responsabilidade – e o dever – de transmitir informações da maneira mais esclarecedora possível. Felizmente, tenho a sorte de trabalhar de forma livre aqui no UOL, fazendo a cobertura do “Big Brother Brasil” e emitindo a minha opinão pessoal sobre o que acontece na casa; mas estou chocada com o tratamento do programa ao caso do suposto estupro.

Nos principais e mais respeitados veículos de comunicação do país, falou-se sobre o assunto, que reverberou o dia inteiro, especialmente na internet. Na rede, aliás, o pedido pela saída do modelo paulistano ganhou coro na voz de milhares de pessoas que mantiveram a hashtag #DANIELexpulso como assunto mais comentado do Twitter.

Depois de mostrar no post anterior que o “BBB” estava ignorando o assunto  (http://blogdamorango.blogosfera.uol.com.br/2012/01/15/bbb-esta-ignorando-suposto-estupro/), esperei pelo programa à noite. Ansiei por uma explicação, aguardei que o vídeo fosse revelado à Monique. O mínimo que a moça merecia saber é o que tinha acontecido na noite em que bêbada e desacordada, ela confiou sua integridade física aos colegas de competição; à produção; à direção e à maior emissora do país, a Globo, que sempre alardeou que preza pelo padrão de qualidade de seus programas.

Só para ficar claro, no “Big Brother Brasil” existem menos camas que participantes, justamente para “forçar” uma aproximação entre eles. Apesar disso, até hoje, ao longo de 12 edições, nunca vi um desrespeito, um abuso, um acinte tão grande.

Hoje à tarde Monique perguntou a Daniel o que tinha acontecido e ele contou que foram apenas dois beijos e passadas de mãos

Esperei ouvir de Bial, jornalista e pai de uma filha que tem a idade de Monique, um manifesto de repúdio à atitude de Daniel que servisse de exemplo. Também esperei do “BBB” uma edição minimamente transparente e depois, um posicionamento. Mas foi o contrário.

Mostraram a festa e uma Monique sexy e provocadora e que flertava com Daniel. Que fique claro, isso é o que a edição quis exibir. Eu acompanhei pelo pay-per-view a festa de ontem. A gaúcha bebeu, riu, dançou e interagiu com os participantes como sempre fez. Até chorou com Fabiana pelo ex-namorado, que é comprometido. Depois, elogiou a beleza de Maurício e brincou com Daniel, inclusive dando um selinho que ele havia pedido. E já de manhã, depois das 6 horas, bêbada e inconsciente, ela foi dormir. Daniel foi junto. Durante três minutos ele faz movimentos sexuais sem que Monique sequer se mexa. Ela estava desacordada.

O vídeo com a cena foi parar no Youtube, depois retirado a pedido da Globo. Na edição do programa de hoje, os três minutos do suposto estupro não renderam nem seis segundos e a cena foi mostrada entrecortada. Ao final, Bial soltou a pérola do absurdo: “O amor é lindo!” Me senti estuprada também. E o programa seguiu como se nada tivesse acontecido. Daniel permanece na casa. Analice e Jakeline estão no paredão.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Topo