Blog da Morango

Arquivo : janeiro 2013

“BBB13”: Os protagonistas já estão escolhidos
Comentários 116

Morango

Um BBB só para veteranos e casais. Esta é a edição 2013 do reality mais famoso e concorrido da Globo. Trazer re-BBB´s não é novidade, começou há três anos; mas trazer seis – na verdade sete, porque Bambam desistiu e em seu lugar entrou Yuri, e confrontá-los com 10 iniciantes sim, é.

Fani, Natália, Yuri e Anamara: veteranos unidos

Os experientes Fani, Natália, Eliéser, Anamara e Yuri mantêm sólidas suas posições de queridinhos do público; enquanto os casais Andressa e Nasser, e Fernanda e André confundem os outros confinados e a própria audiência quanto à veracidade nos seus relacionamentos, mas acabam por fazer todos pagarem para ver os desdobramentos dessas histórias – o que para quem quer se manter na casa é muito importante.

Mesmo insosso, o casal André e Fernanda desperta a curiosidade do público, que deseja saber até onde vai a historinha

Os outros participantes: Marien, Kamilla e Ivan estão com os dias contados e têm o desafio de surpreender imediatamente ou sucumbir ao desinteresse da edição do programa e consequentemente dos telespectadores e deixar o Big Brother Brasil.

Nessa terça-feira (29), como já estava previsto aqui no blog e nas enquetes internet afora, Aslan foi eliminado com 79% dos votos no paredão com Marcello.

Marcello comemorou sua permanência no reality, mas vai ter que fazer muito mais a partir de agora se quiser chegar à final

Não é que o personal seja um favorito, nem o artista plástico um participante insignificante. É que ainda há muita expectativa acerca de Marcello – leia-se: um romance -; já quanto a Aslan, não se esperava dele um encantamento amoroso, nem um barraco, sequer um vexamezinho etílico. Tanto o carioca quanto o recifence são e têm muito mais do que isso a mostrar, entretanto, apesar de não haver um roteiro escrito e que deva ser seguido formalmente, há finais ansiosamente aguardados. Quem não for protagonista, nem antagonista, perde seu lugar na trama BBB.

Aslan ou Marcello? Saiba quem fica e por quê.
Comentários 84

Morango

Sobre as escolhas de Anamara, não haviam dúvidas, como expliquei no post anterior . Marcello e Kamilla, que vieram da casa de vidro, já estão na corda bamba há muito tempo porque não conseguiram se encaixar nem no grupo dos novatos, nem no dos veteranos, muito menos formaram um par na casa. Mas vamos direto aos emparedados Aslan e Marcello e esqueçamos momentaneamente Kamilla, que só não foi para a berlinda por um triz – de novo.

No domingo (27), muita tensão na votação aberta

Aslan convivia bem com Anamara até o dia em que teve coragem de dizer ao vivo e na frente dela que não gostava da postura da sister, especialmente por ela não saber ouvir nenhuma opinião contrária à sua. Pronto. Aslan assinava ali seu atestado de alvo. Bastou Anamara voltar como líder para que a baiana pedisse a cabeça dele num tabuleiro de acarajé.

Depois de ser beneficiada pelo público no paredão-pegadinha, Anamara voltou se sentindo a rainha da cocada preta

Marcello foi indicado por três brothers: Natália e o casal André e Fernanda. Kamilla também teve três votos: de Ivan e do casal Nasser e Andressa. Entre a miss e o personal, a líder emparedou Marcello.

Às 18 horas desta segunda-feira (28), a enquete do Uol, que está infalível nos acertos, apontava para a saída de Aslan com uma margem bastante desproporcional

Aslan, o único gay assumido desta edição, não conseguiu mostrar a que veio ao programa. Marcello também não. O trunfo do carioca é ser bonitão e cobiçado pelas mulheres dentro e fora do reality; já o recifence, é apenas um bom ouvinte das meninas da casa. Entre Marcello, que vive exibindo o corpão de sunga e deixa o público na expectativa de um romance com Fani ou Kamilla; e Aslan, que não se encaixa no grupinho dos fortões, nem dos nerds, nem dos engraçadões, e não é mocinho, nem bandido, o público já se decidiu.

Aslan, emparedado pela líder Anamara

Não culpo os telespectadores pelo resultado, mas acho que desta vez a direção do Big Brother pecou na escolha dos participantes. Não adianta colocar um gay só para fazer estardalhaço com sua condição sexual ou para preencher uma cota. Se não há com quem partilhar assuntos em comum, dos banais aos que interessam à comunidade GLBTT, nem por quem se apaixonar e viver um desafio no programa, fica difícil manter a graça, ser um participante que agrega. Oito anos atrás, Jean Wyllys, também homossexual assumido, venceu a quinta edição do BBB. Na época, ele era perseguido pelo grupo dos vilões, conhecido como a “tropa de choque”. Desta vez não há um grupo articulado de vilões, nem uma perseguição injusta. O mote do “BBB13” é outro: o embate entre novatos e veteranos e um festival de casais improváveis e inacreditáveis. Entretenimento puro, sem nenhuma pretensão de ser algo além disso.


Como será o reinado de Anamara
Comentários 108

Morango

Na enquete Uol sobre quem venceria o paredão-pegadinha, Anamara era a preferida de 58% dos internautas, ante Marcello, escolhido por 42%. Durante o programa ao vivo nesse sábado (26), Bial disse que foram somados mais de 16 milhões de votos em um único dia, e em seguida chamou a policial para fora da casa do BBB sem comentar a porcentagem de cada um. Poucos passos depois da porta de saída, e a baiana já estava novamente no programa, só que num quarto especial, cheio de aparelhos de tevê para monitorar a casa por 24 horas. Depois da experiência inédita no Big Brother Brasil, Anamara vai se juntar novamente aos confinados neste domingo (27), só que como líder.

Eliéser, que indicou Anamara ao paredão-relâmpago, é o único imune na casa

O que deve mudar com o reinado de Anamara? Nada. A morena é muito observadora e já tem bem definidos seus afetos e desafetos. Eliéser é seu inimigo número 1, mas como está imune, não irá para a berlinda neste domingo (27). Marcello, que esteve no paredão de mentirinha com ela, pode ser uma opção, assim como Aslan, que se incomoda muito com a postura explosiva da sister. Kamilla não está na mira da policial, mas pode ser fuzilada pela casa.

Após falsa eliminação, brothers curtiram festa com show de Gusttavo Lima

Ponto forte de Maroca: o carisma, que fez com que conquistasse uma torcida grande e mobilizada aqui fora, além do carinho declarado de Bial.

Tendão de Aquiles de Anamara: a explosividade, que acompanha o jeito impositivo de se expressar e a dificuldade de ouvir e aceitar opiniões contrárias às suas.

Anamara já transita entre todos grupinhos, faz-se presente, por isso o fato de ter televisores para monitorar os brothers não fará diferença; ela não verá e ouvirá muitas surpresas a seu respeito. A única vantagem de estar nesse quarto especial é conhecer melhor as estratégias e intenções de votos dos participantes do reality. Apegar-se demais ao que verá e ouvirá nessas 24 horas pode ser prejudicial porque além de intenso, tudo é mutável na casa. Brothers que estão discutindo hoje, amanhã podem ser grandes aliados e vice-versa; quem compra uma briga que não é sua ou toma partido numa situação que não lhe diz respeito vira um alvo fácil.

No quarto especial, monitorando os brothers, Anamara já riu, dançou e se estressou. A diversão está garantida para a edição deste domingo (27)


Paredão-pegadinha! Rá! Yeah, yeah!!
Comentários 31

Morango

A primeira pegadinha do “BBB13” aconteceu nessa sexta-feira (25). Bial surpreendeu os brothers com uma entrada ao vivo, o que é raro numa sexta à noite, pedindo que o líder Eliéser indicasse imediatamente uma pessoa para o paredão. Sem titubear, o paranaense escolheu Anamara, com quem já se indispôs diversas vezes no reality.

A maioria dos demais confinados, cinco, numa votação aberta na sala, votaram em Marcello: Aslan e Natália, e Andressa, Anamara e Fernanda – as três cujas participações o personal trainer vetou da prova de liderença ocorrida na quinta (24). Kamilla escapou por um tris, teve quatro votos: de Ivan, Nasser, Marien e Yuri. O que ficou mais do que claro é que tanto Marcello quanto “Kantoriamilla”, que vieram da casa de vidro, não conseguiram se enturmar com os demais participantes e devem enfrentar a berlinda em breve.

Desta vez, especialmente, o público deve votar em quem quer como líder: Anamara ou Marcello. É o primeiro embate entre um novato e uma veterana. Anamara, que tem mais de 200 mil seguidores no Twitter e uma torcida de amigos famosos, tem vantagem frente ao bonitão que apareceu pouco nesta edição. Marcello é lindo e arranca suspiros da mulherada na casa, mas não corresponde; não costuma se envolver em discussões e é muito tranquilo.

Desta vez a votação não é para eliminar, e sim beneficiar um participante

Esse é um duelo de opostos, mas o resultado, ao invés da eliminação, trará a liderança no domingo (27) e o poder de indicar alguém. Além do mais, o agraciado terá o privilégio de ficar em um quarto confortável assistindo a tudo o que rola no BBB e voltará com informações privilegiadas. A princípio isso pode parecer vantajoso, mas historicamente a edição do programa costuma “queimar” o participante que volta com informações extras, que é o que acontece quando há saídas para viagens no Carnaval e outros passeios fora da casa.

Se vencer o paredão-pegadinha e for líder, Anamara não poderá votar em Eliéser, que está imune, mas pode ser que repita seu voto em Marcello. Já o moreno deve emparedar Fernanda. É esperar pra ver.

Na página do relity na internet, destaque para o chororô que acometeu os brothers após as indicações dessa sexta (25)


BBB13: “Prinsapos” e “Saprincesas”
Comentários 9

Morango

Nos contos de fadas a princesa é sempre bela, graciosa, corajosa, porém indefesa, e dona de uma ingenuidade que beira à burrice. Aí do nada surge um príncipe igualmente belo, riquíssimo, destemido e perdidamente apaixonado, que deseja casar-se imediatamente com a princesa para viverem felizes para sempre num castelo maravilhoso…

No BBB13, o príncipe André destoa dos demais rapazes que recebem o nobre título. O moço é até belo, mas sustenta uma cara de preguiça eterna especialmente quando está nos braços – de polvo – daquela que insiste em ser sua princesa, Fernanda. A advogada de 26 anos já tentou encantar o príncipe de todas as formas, mas ele só cede aos argumentos – mais para estéticos do que verbais – da loira quando está com o juízo levemente alterado por generosas doses de vodka, que funcionam como poções mágicas, nas festas da casa.

Fernanda e André

Acostumado a ter dezenas de princesas aos seus pés, o moço não corresponde os sentimentos – ou à estratégia de jogo – de sua pretendente que, de tão chata e insistente, transforma-se numa bruxa da capa roxa com uma verruga no nariz.

Nasser e Andressa vivem uma historinha mais contemporânea, new generation. A paranaense, que tinha um namorado há oito anos e era noiva, vivia mais ou menos como Rapunzel, infeliz presa numa torre. O príncipe gaúcho, apaixonado pela morena de olhos azuis, tratou de imunizá-la na primeira semana, para ter mais tempo de tentar conquistar o coração da bela. Mas a esteticista está possuída por um feitiço muito estranho que só permite que ela se entregue ao romance quando as luzes do quarto se apagam.

Andressa e Nasser: debaixo do edredom pode

Como seu confidente, Andressa tem Ivan, que tem uma namorada aqui fora, mas vez por outra deixa escapar um comentário cheio de ciúmes de Nasser. Não descarto um duelo num futuro breve entre os dois cavaleiros pela atenção da moça.

Natália e Yuri formaram o par mais improvável na festa da última quarta-feira (23). A gaúcha pisou na casa dizendo que tinha um namorado; o goiano afirmou que dessa vez estava no programa para ganhar dinheiro, não para se envolver. Mas os hormônios, os sentimentos ou a fada-madrinha Anamara falaram – literalmente – mais alto e os dois agora vivem um teretetê.

Natália e Yuri: casal bola de fogo

…E esses são os personagens principais da trama BBB13.

 

No reino Big Brother Brasil ainda vivem:

Kamilla, quase arrebatou o coração de Yuri antes de Natália, mas cantou e sacudiu tanto o cabelo que espantou o moço;

o belo Marcello, que flerta apenas com o espelho, espelho seu;

a policial Anamara, que atira para todos os lados e está disposta até a mudar seu alvo para tentar beijar na boca, podendo até ser na da princesa Fani;

Um dos beijões entre Anamara e Fani

Aslan, que tem um companheiro aqui fora e nenhuma tentação lá dentro;

e Marien, que até tentou encantar Eliéser, mas não faz o tipo do loiro.

Falando no agrônomo, ele é o novo líder da casa. Depois passar 10 horas numa exaustiva prova de resistência, o paranaense conquistou o poder e, consequentemente, o direito de habitar o aposento real.

Eliéser é o novo líder, mas só até domingo (27)

O reinado de Eliéser será curtíssimo: nesta sexta-feira (25) os brothers deverão escolher um participante que eles querem que seja eliminado sumariamente. O participante deixará a casa como se fosse deveras eliminado, porém ficará num quarto assistindo a tudo o que acontece no BBB. No domingo (27), este participante retorna à casa como o líder da semana, podendo alterar completamente o final da história que está sendo escrita no reality. Eliéser, mesmo destronado, estará imune.


“BBB13”: Não há favoritos
Comentários 46

Morango

Na edição dessa terça-feira (22), duas coisas ficaram bem claras: a primeira é que há um embate – velado – entre novatos e veteranos. Mas os re-BBB´s, ardilosos e experientes como são, trataram de negar ao vivo, durante a sabatina de Bial sobre o assunto. A segunda constatação é de que ainda não há favoritos ao prêmio milionário.

Afinidades entre novatos e desavenças entre os veteranos marcam esta edição do Big Brother Brasil

No paredão entre Anamara e Dhomini, a maioria das enquetes dava uma vitória apertada a Anamara. Durante a exibição do programa foram tantos vt´s exaltando a baiana que até suspeitei que ela é quem deixaria a casa, como já observei em várias eliminações. Mas foi o contrário. Dhomini, que entrou como um campeão do BBB, saiu com 54% dos votos – o que não é um demérito, afinal só tem a chance de vencer quem aceita algum risco.

Anamara e Dhomini, que eliminado, disse torcer para que a sister seja a campeã do “BBB13”

Bial disse que Dhomini tem “um jeito mulambo de ser rei”, e Anamara, “um jeito majestoso de ser mendiga”. Mas o apresentador tem esse estilo Mestre dos Magos de ser e não deve ser interpretado tão ao pé da letra assim. Apesar de mexer diariamente com nossas emoções e emaranhar nossos nervos, o Big Brother é um programa de e-n-t-r-e-t-e-n-i-m-e-n-t-o. Bial vai continuar se dizendo apaixonado por Maroca; incentivando as mulheres a provocarem os homens; e os homens, a duelarem entre si. Não há favoritos. Ainda.


Quem quer ser um BBB?
Comentários 9

Morango

O título acima é uma alusão ao filme bollywoodiano Quem Quer Ser um Milionário?, como talvez você tenha decifrado logo de cara. Na trama, um rapaz pobre passa por uma série de percalços na vida até conseguir, num golpe de sorte, a chance de participar de um dos programas de tevê de maior audiência da Índia. Semelhanças com o Big Brother? Muitas. Além do dinheiro, o rapaz, que fora ignorado a vida inteira, poderia conquistar a admiração da plateia e de milhares de telespectadores. Num dia, era apenas um ex-favelado que servia chás numa grande companhia; no outro, era aplaudido de pé por uma multidão que via nele um homem digno de honrarias. O que leva alguém a participar do Big Brother Brasil são mais ou menos os mesmos motivos: dinheiro e visibilidade.

Jamal, o heroi de Quem Quer Ser Um Milionário?

Não pretendo fazer aqui uma abordagem sociológica. É que muito mais que embasamento científico ou especulativo, eu estive lá. Tive vontade, oportunidade e conheci o lado bom e o ruim da exposição exagerada. Quais motivos me levaram a me inscrever no BBB? Além do prêmio milionário, acreditei que o reality me abriria muitas portas.

Fui eliminada na sétima semana do programa com a conta bancária tão raquítica como quando entrei, no entanto várias portas se abriram de fato para mim. Recebi e aceitei excelentes convites de trabalho; em contrapartida tive que lidar com a mídia ferina. A história da minha vida inteira foi devassada durante aquelas semanas de confinamento e ainda muito tempo depois delas. Tudo sobre a minha sexualidade; os escândalos protagonizados pela minha mãe… além do que vivi lá dentro da casa, sem ter a mínima noção da repercusão aqui fora, como um porre homérico, um striptease, dentre outras coisas que se eu tivesse pensado melhor, provavelmente não teria feito. Tudo isso nos jornais, nas revistas, em programas sensacionalistas, dentro das casas de milhões de pessoas despertando reações compadecidas, indignadas, gentis, explosivas, carinhosas…

Por que ser um brother?

Participar do Big Brother Brasil é como mergulhar num portal que dá acesso a outra dimensão. Aprendemos muito mais sobre nós mesmos, nossos limites, nossas fraquezas, nossas fortalezas, nossos amigos, nossa família. Somos amados e criticados, ovacionados e cobrados, exaltados e execrados simplesmente por ter estado lá. A chave da casa do BBB pode ser um fardo ou um presente, depende da forma como cada um comporta-se com ela.


Perdendo os dentes
Comentários 26

Morango

Na última sexta-feira (18), Dhomini fez uma declaração no mínimo polêmica. Durante uma conversa na cozinha, contou detalhes sobre a história de um cachorro que o havia mordido várias vezes no mesmo lugar; apontou para a perna e continuou: “Na terceira vez arranquei os dentes da boca dele tudo (sic)! Não aguentei, ele era bravo demais!” A cena só foi vista no pay per view, não foi exibida pela Globo, mas caiu noYoutube e causou rebuliço nas redes sociais, em sites especializados tanto na proteção dos direitos dos animais, quanto na cobertura do BBB, e tornou-se um dos assuntos mais comentados até em programas populares da tv aberta.

“Devia ser paredão duplo pra sair logo os dois, porque ela (Maroca) me deixa surda de tanto que ela grita”, desabafou nia Abrão nesta segunda-feira (21)

Assista à declaração de Dhomini: http://www.youtube.com/watch?v=-3X_M_yv1jM. Particularmente, achei o relato fantasioso demais, pouco crível, afinal ele afirma ter segurado o cachorro bravo pela corrente e retirado todos os dentes dele sozinho com um machado… Na minha opinião, essa foi mais uma das histórias de pescador do goiano, que com um sotaque acentuado, um chapeu e o jeitão interiorano pretende ganhar pela segunda vez o reality. O problema é que a piada não teve graça e pegou muito mal. A esposa de Dhomini, Adriana Mamata, negou que o fato tenha acontecido de verdade, assim como tratou de desmentir que eles tenham feito sexo na frente dos filhos e que ele seja homofóbico – em resposta a outras declarações que o ganhador da terceira edição do Big Brother Brasil fez a colegas de confinamento.

Dhomini, que perdeu a credibilidade e a empatia com grande parte do público aqui fora, está conseguindo o mesmo dentro da casa. Foi emparedado no domingo (20) por seis brothers: os veteranos Eliéser e Fani, e os novatos André, Marcello, Nasser e Aslan. Quem divide a berlinda com o goiano é Anamara, que numa enquete muito tendenciosa da revista Veja é apontada como egocêntrica.

Para a revista Veja, Anamara é uma egocêntrica e Dhomini, um campeão

 

Na enquete do Uol, entre mais de 300 mil votos, a diferença de percentual entre Anamara e Dhomini é mínima

O falastrão Dhomini e a maritaca Maroca

Os anos se passam, mas a fórmula do Big Brother Brasil permanece sempre a mesma: é um jogo de palavras e de reverberações. O que é gritado, cansa. O que é repetido à exaustão, vira uma verdade absoluta. No embate entre Anamara x Dhomini, o resultado desta terça (22) deve ser apertado como mostram as enquetes, mas está longe de ser um indicativo sobre quem é o favorito à vitória milionária; está mais para um sonoro “cala a boca”.


A guerra está declarada
Comentários 42

Morango

Que há uma divisão na casa está muito claro. Veteranos x Novatos. A surpresa é que mesmo os que chegaram por último e tiraram o passe para a entrada no BBB com mais dificuldade estão sendo massacrados: Marcello e Kamilla, os escolhidos da casa de vidro. Os dois receberam o veto de Fernanda e foram impedidos de participar da prova da liderança, junto com os veteranos Yuri e Natália.

O bonitão e a miss

Kamilla está irritando profundamente Fernanda, Andressa e Natália. Foi chamada até de “surucucu” numa conversa do trio na festa de quarta-feira (16). O que a paraense fez às sisters além de ser linda e bancar o sabiá cantador no reality? Nada. Kamilla não se envolve em intrigas, nem destila veneno sobre os participantes. Não se envolveu em nenhum romance, não chora pitangas, nem banca a Madalena arrependida. Diferentemente de Andressa, não tinha um noivo aqui fora e se envolveu com um brother. Ao contrário de Fernanda, não rasteja por nenhum moço bonito do programa. É bela como Natália, mas tem o frescor de quem vive a experiência Big Brother Brasil pela primeira vez e vê a chance como a maior oportunidade da vida, não como apenas mais uma oportunidade.

Marcello, que me lembra demais Kadu, da décima edição, tanto física, como comportalmente, faz a linha zero a zero. Não é extremamente próximo de nenhum brother – ainda, mas é um bom ouvinte nos grupinhos dos rapazes; além disso arranca suspiros da mulherada e é um trofeu a ser conquistado – não que seja o objetivo do rapaz no jogo, mas é um trunfo, e ele sabe.

Ambos, que preteridos, deixados à margem como concorrentes ao prêmio milionário, estão comendo pelas beiradas. Na batalha de novatos versus veteranos, há alvos fáceis como Eliéser e Dhomini, que são adversários em guerra declarada; e participantes que transitam entre “lá” e “cá”, sem serem de fato de lugar nenhum, como Anamara e Marien.

O pivô da briga entre Eliéser e Dhomini foi justamente Ivan, porque o agrônomo prometeu não indicar o novato ao paredão e indicou. O líder será implacável?

O Big Brother é um jogo que se vence sozinho? Sim. Entretanto são as afinidades ou as intrigas que deixarão cada um mais perto ou bem distante da vitória. Ivan, que foi o primeiro a sentir o gosto amargo dos tijolos do paredão, – oh, destino pregador de peças de quebra-cabeça! – é o líder da semana. A sorte está lançada, mas não espero surpresas.


Entre lobos e cordeiros
Comentários 61

Morango

As rachaduras nos grupos de novatos e de veteranos estão acontecendo desde o primeiro dia de “BBB13” (http://blogdamorango.blogosfera.uol.com.br/2013/01/11/racha-entre-os-novatos-racha-entre-os-veteranos). Os motivos mudaram, mas as fissuras estão ficando maiores e as discussões, tomando proporções exageradas. Antes, a veterana Fani não se sentia compatível com seu grupo, especialmente por causa de Bambam; e Aline, com toda sua ginga e marra, também contrastava com o restante dos novatos, pacatos demais. Bambam pediu pra sair, Aline foi eliminada na terça-feira (15).

Entre Aline e o inerte Ivan, 77% do público votou pela saída da carioca

A sensação de não-pertencimento a um grupo onde se foi colocado é natural. É o mesmo que estudar na 8ª série C e não ver a hora de chegar o intervalo de aulas para colar no grupo de amigos que estudam na 8ª B. Fani se dá muito bem com os novatos, mas com o tempo acabou aproximou-se mais de seu grupo original. Marien está mais ligada aos veteranos. Mas de forma geral, o grupo dos novatos está mais unido. A “ovelha negra” no grupo dos re-BBB´s na verdade é uma ovelha loira de olhos azuis. Eliéser, que conheci quando participamos juntos do “BBB10” e de quem me tornei amiga aqui fora. Nesta edição Eli cometeu um erro: prometeu que não indicaria Ivan ao paredão e indicou, e-x-a-t-a-m-e-n-t-e o mesmo que fez comigo lá na casa; a diferença é que desta vez há um grande jogador que está explorando esse erro ao máximo: Dhomini, que com sua aliada Anamara, está batalhando pela tosa da ovelha. Eli é o alvo da semana.

Dhomini está decidido a elminar o alvo que considera mais frágil, Eliéser

Enquanto isso na pacata turma de estreantes no reality, Kamilla está incomodando as sisters Andressa e Fernanda – que sentem um ciuminho inconfessável da paraense que está se dando muito bem com todos os meninos da casa. Já Kadu, ops, Marcello (será que são gêmeos e não sabemos?) jogou um balde de água fria nas moças da casa que se encantaram por seus dotes físicos: disse namorar uma pessoa há seis meses. Já sabemos que os telespectadores do BBB AMAM os quietinhos; mas Bial, não. Antes de anunciar a festa dessa quarta-feira (16) com um show do Barão Vermelho, o apresentador intimou: “Meninas, o mínimo que espero de vocês é que quebrem tudo! (…) E desses cuecões, o mínimo que eu espero de vocês é que obedeçam cegamente os quadris das moças.”

Brothers curtiram show do Barão Vermelho nessa quarta (16)

Obedecer o apresentador? Ser fiel aos respectivos pares que esperam aqui fora? Beber todas e ver no que dá? No fim das contas vence o lobo em pele de cordeiro.