Blog da Morango

“BBB13″: Contra fatos não há argumentos

Morango

Algumas pessoas comentaram aqui e no meu Twitter pessoal, o @angelicamorango (que aliás serve para isso mesmo, fique à vontade), que o Uol faz uma campanha pró-Anamara e eu sou a encarregada de salientar os pontos negativos de Kamilla. Pois afirmo com toda a honestidade do mundo: não acontece nem uma coisa e nem outra por aqui. Só que não posso deixar de observar e escrever sobre a proteção que é dedicada à Kamilla e seus aliados pela direção do Big Brother Brasil.

Pra se ter uma ideia, em 2010, quando participei do reality, logo na primeira festa, o Serginho escreveu: “Uhuu, Lady Gaga!'' num cartaz com seu lápis de olho. Resultado: TODOS os lápis de olho de TODOS os participantes foram confiscados. Há algumas semanas, enquanto acontecia o paredão entre Kamilla, Eliéser e Ivan, que culminou com a saída do professor, Kamilla escreveu com arroz “Fica Kamilla, fica Eliéser''. Além de não receber nenhuma punição individual, nem coletiva, Kamilla foi favorecida com um vt bem romântico do casal.

Ao invés de ser punida, Kamilla foi exaltada num vt fofinho

O último episódio que envolveu escritas aconteceu há poucas horas. Depois de uma discussão, Fernanda fez uma declaração à Kamilla usando pasta dental no vidro do quarto da líder:

Traduzindo: “Aliança é igual a nada. Eu amo você.''

Depois da declaração as amigas fizeram as pazes

Certa vez, Kamilla escondeu uma bolinha colorida, da piscina de bolinhas de uma prova, em sua mala. Nada aconteceu. Nasser delatou a paraense e a bolinha foi tomada pela produção, mas o episódio não gerou nenhuma repercussão. Arroz, pasta de dente, uma bolinha… Isso não é pouco para causar um tumulto? É, mas a regra que vale para um deveria valer para todos. Os BBB´s são PROIBIDOS de escrever, assim como NÃO PODEM levar absolutamente nada do programa para suas casas; nem bolinhas, nem caricaturas em isopor, nem sequer o roupão que é usado durante o confinamento na casa. Mas o que está claro nesta edição é que há protegidos, intocáveis, os que podem fazer o que bem entenderem no reality.

Quando se pune toda a casa por uma ação individual, o objetivo é fazer com que o maior número de pessoas possível se irrite com quem causou o problema. É por isso, por exemplo, que quando um participante é advertido, perde estalecas, consequentemente seu poder de compras, especialmente de comida, o que deixa os outros brothers famintos e loucos de raiva. Só que quando há um competidor sendo nitidamente favorecido no programa, como Kamilla , isso gera insegurança nos demais, que percebem que já há um campeão escolhido, justa ou injustamente.