menu
Topo
Blog da Morango

Blog da Morango

Categorias

Histórico

Aos 69 anos, dona Eliana “hitou” e conquistou milhares de fãs na internet

Universa

06/09/2018 04h00

Entre linhas, suas paixões (Foto: Arquivo Pessoal)

Da noite para o dia, literalmente, dona Elaine "hitou", ou seja, alcançou um sucesso rápido e estrondoso no YouTube, onde viu os inscritos em seu canal passarem de 800 para mais de 24 mil em algumas horas.

Aos 69 anos de idade, ela, que além de uma apaixonada pelo crochê, é enfermeira aposentada, nem sabia da legião de fãs que tinha conquistado em tão pouco tempo: "Eu fiquei muito feliz e surpresa, e até sem entender porque o número de inscritos estava subindo tão rapidamente. Entrego meus papéis na praia, no shopping, mas não esperava tanta repercussão. Fiquei muito feliz e muito grata com o carinho e a atenção das pessoas.".

Um desses papéis ela entregou à estudante Priscila Ponte que, despretensiosamente, fez com que a mensagem viralizasse: "'Tô' no shopping e uma senhora chegou à mesa pedindo pra gente seguir o canal dela. Ela ensina a fazer crochê. Achei fofo demais, então 'tô' aqui dizendo pra quem puder seguir", escreveu, no Twitter. Assim, transbordando simplicidade, a jovem de Fortaleza, com pouco mais de 300 seguidores na rede social, mobilizou dezenas de milhares de pessoas. (Foto: Reprodução/Twitter)

"Eu postei só pros meus amigos verem, nunca imaginei que ia alcançar tanta gente! Mas 'tô' feliz que o canal dela tá cheio de amor agora!", comemorou Priscila, impactada pela repercussão de sua postagem.

"Sua recomendação mostra duas fofuras: a senhorinha divulgando seu canal de crochê, e você, tão jovem, se dispondo a ajudar na divulgação. Muito legal isso!", comentou uma internauta.

"Já me inscrevi… muito fofa essa senhorinha!", derreteu-se um seguidor.

"Me inscrevi! Achei maravilhosa!", elogiou uma seguidora.

"Em 2010, depois de 37 anos dedicados à enfermagem, me aposentei. Sempre ouvi dizer que quem deixava de trabalhar e ficava parada, ficava doente. Passei a ocupar meu tempo estudando idiomas no SESC, cuidando da organização da minha casa e, principalmente, fazendo crochê, que é meu vício", conta Eliana, que aprendeu o ofício com a mãe quando ainda era criança, aos 8 anos de idade.

Sobre a divulgação "à moda antiga", com abordagens bem pessoais, Eliana, que é mãe de três filhas e ficou viúva há 12 anos, explica que tudo foi ideia dela. "Eu mesma escrevi os panfletos e tirei xerox. Como não consigo viver sem praia, e na beira-mar em Fortaleza acontece uma grande concentração de turistas, eu comecei por lá. Através do meu site já vendi pra vários estados", comemora ela, que está terminando o curso de Espanhol e vai estudar Inglês no próximo semestre.

Maiô de crochê, uma de suas criações (Foto: Arquivo Pessoal)

"Mora dentro de mim uma grande alegria, e sempre abordo as pessoas com simpatia. Acho que isso conta muito", reflete, com a sabedoria e a vitalidade de quem tem bastante a ensinar.

Leia também:

A emocionante carta de Seu Noronha – e ele nem é gente

Tudo (o que nunca falei) sobre meu pai 

E se a vida te pedisse limões?

Sobre a autora

Ana Angélica Martins Marques, a Morango, é mineira de Uberlândia, jornalista, fotógrafa e DJ. É também autora do livro de contos Quebrando o Aquário. Passou pela décima edição do Big Brother Brasil e só foi eliminada porque transformou o temido quarto branco no maior cabaré que você respeita. É vegetariana e cuida de três filhos felinos: Lua, Dylan e Mike.

Sobre o blog

Um espaço para falar de amor, sexo, comportamento feminino e feminismo com leveza e humor. Tudo sob o olhar de uma mulher esperta, que gosta de mulheres tão espertas quanto ela!