menu
Topo
Blog da Morango

Blog da Morango

Categorias

Histórico

Os segredos das "pedras íntimas"

Universa

09/11/2018 04h00

Thais Cecato, 34, e sua obsidiana (Foto: Arquivo Pessoal)

Foi num almoço na praia que ouvi sobre o tratamento com ovos de cristal pela primeira vez. Já tinha lido sobre yoni eggs antes, mas não associei imediatamente as coisas. Yoni eggs são ovos de pedras polidas. Há quem use com a finalidade estrita de trabalhar o assoalho pélvico fazendo os exercícios Kegel, o pompoarismo; mas nesse caso o assunto era muito mais profundo.

"O tratamento me deu uma sensação de limpeza e cura. Lembrei de sentimentos da adolescência e até da infância, aliviando e transmutando traumas… Resgatei o fogo e a libido que estava adormecida há algum tempo. O uso da pedra influenciou positivamente no meu corpo e trouxe mais confiança, poder e sexualidade", conta a empresária vegana Thais Cecato.

"Ouvi falar da obsidiana pela primeira vez alguns anos atrás, com uma amiga que já tinha usado, e isso me despertou curiosidade, mas lembro dela me dizer que a pedra chega em nossas mãos no momento certo, quando precisamos… E depois de muito tempo, durante uma viagem à Chapada Diamantina, encontrei uma à venda em uma lojinha e entendi que tinha chegado em minhas mãos", lembra Daniela Mori, 31, pedagoga e terapeuta holística.

Limpeza e purificação energética

Foi através da amiga, Daniela Mori, que a designer de moda Gabriela Linhares descobriu o tratamento com as pedras, e começou a usar a obsidiana há um mês. "Usei no primeiro dia por apenas duas horas para sentir a presença da obsidiana em mim e me adaptar com o processo de uma forma delicada e natural. Eu estava ansiosa e apreensiva. Do segundo dia em diante usei a noite inteira, fazendo as limpezas e carregando com a lua", relata.

Como usar: do maior para o menor

Daniela explica que "é aconselhável começar com um ovo um pouco maior porque cada mulher tem uma capacidade e uma flexibilidade na musculatura, mas que, começando com um maior, se trabalha essa musculatura. Aos poucos, quando for trocando de pedra, pode optar por um tamanho menor".

A terapeuta holística ensina ainda que a limpeza das pedras se faz em sincronia com o ciclo lunar: "Em um recipiente de vidro com água e sal ou água do mar, coloca-se a pedra e deixa-a durante a noite, direto no sereno, recebendo os raios da lua nova ou minguante. No dia seguinte, basta lavar em água fria corrente e estará pronta. Não é necessário utilizar nenhum produto porque a pedra tem propriedades antifúngicas e bactericidas. Para programar a pedra, ou seja, carregar energeticamente o ovo de obsidiana, deve-se expô-lo à lua cheia ou crescente durante a noite, sem água."

"Meu marido ficou meio sem entender nada no início, quando comecei a usar a obsidiana, depois foi compreendendo e acho que gostou também, pois refletiu diretamente no sexo", entrega Gabriela (Foto: Arquivo Pessoal)

"Assim que eu me deito, introduzo o ovo de obsidiana que é magicamente sugado pelo meu canal vaginal e se perde lá dentro, nas minhas profundezas. Faço uma rápida meditação com Reiki e peço cura e conexão. Quando acordo, com um pouco de atividade, a pedra sai naturalmente. Eu agradeço a cura, lavo e deixo no meu altar do Sagrado Feminino. Nos dias que uso o ovo, eu não consigo me lembrar dos sonhos. Eu sonho muita coisa, e quando vou escrever faço um esforço tremendo, mas raramente me vem. Ainda estou estudando o sentido disso. Acredito que estou conseguindo curar algumas travas relacionadas ao sexo. Meu marido ficou meio sem entender nada no início, quando comecei a usar a obsidiana, depois foi compreendendo e acho que gostou também, pois refletiu diretamente no sexo", revela a designer de moda Gabriela Linhares.

Benefícios e contraindicações

Ginecologista, a Dra. Jacqueline Mazzotti faz um alerta sobre a importância da higiene da pedra: "Um objeto dentro da vagina pode causar mudanças do pH e aumentar corrimentos ou até trazer infecções, então é muito importante higienizar o objeto e não usar no período menstrual. O uso por virgens e grávidas não é recomendado".

A médica destaca ainda que "apesar de não haver comprovação científica de elas possam curar doenças, introduzir uma pedra polida, um peso, funciona como um exercício para o fortalecimento da musculatura vaginal. A musculatura pélvica é como uma 'cama elástica', e sustenta órgãos como bexiga, útero e intestino. Fortalecer essa região ajuda no trabalho de parto (sustento do útero e força para o momento do parto), pode prevenir a incontinência urinária e, além disso, pode ajudar a aumentar o prazer sexual, porque promove a conscientização dessa parte do corpo, o que ajuda na relação sexual".

"Essa é uma história que a gente está resgatando agora. Essas pedras eram utilizadas em tradições muito antigas. A obsidiana, no México; a jade, na China, de práticas relacionadas ao tantrismo", ensina Daniela Mori (Foto: Arquivo Pessoal)

"É indicado começar com o ovo de obsidiana, para uma varredura energética. Já o ovo de jade é uma pedra de cura. Depois das experiências com essas pedras, é muito indicado o ovo de quartzo rosa, que traz a energia do amor universal, da fertilidade e a cura nos relacionamentos. Quartzo branco, quartzo verde e ametista também são muito utilizadas na sequência. O feeling com as pedras e cristais é muito pessoal, e é importante usar a intuição", explica Daniela. A terapeuta holística ressalta ainda que "apesar da facilidade para comprar pela internet, o interessante é ter um contato mais físico na escolha da pedra" e que "dependendo da história de cada pessoa, vai mexer muito com suas energias. Algumas mulheres vão precisar de um acompanhamento, outras vão viver o processo de forma muito íntima".

Leia também:

"Mulheres Gozam": o livro com relatos de quem nunca teve um orgasmo

Meus segredos mais íntimos – e quase inconfessáveis

Você se masturba? Mulheres respondem que sim e contam por quê

Sobre a autora

Ana Angélica Martins Marques, a Morango, é mineira de Uberlândia, jornalista, fotógrafa e DJ. É também autora do livro de contos Quebrando o Aquário. Passou pela décima edição do Big Brother Brasil e só foi eliminada porque transformou o temido quarto branco no maior cabaré que você respeita. É vegetariana e cuida de três filhos felinos: Lua, Dylan e Mike.

Sobre o blog

Um espaço para falar de amor, sexo, comportamento feminino e feminismo com leveza e humor. Tudo sob o olhar de uma mulher esperta, que gosta de mulheres tão espertas quanto ela!