Topo
Blog da Morango

Blog da Morango

Categorias

Histórico

Golaço na homofobia: elas ficaram noivas durante um jogo do Grêmio

Universa

05/11/2019 10h34

"Nunca achei que apareceríamos no 'beijo do intervalo' por sermos um casal de mulheres", revelou Nicolli (à direita) Foto: Arquivo Pessoal

Elas protagonizaram o pedido de casamento mais comentado dos últimos dias, feito no domingo (3), no intervalo do jogo entre Grêmio e Internacional, em Porto Alegre.

Para se ter uma ideia da repercussão, o gesto foi exibido no telão, transmitido pela TV e rapidamente ganhou as redes sociais. "Olha só que imagem legal! Juliana e Nicolli! Teve pedido de casamento na Arena do Grêmio! Que sejam felizes! Linda imagem, linda imagem!.. Torcedoras do Grêmio felizes da vida curtindo o namoro que agora vai virar casamento", comentou o narrador do Sport TV Premiere durante a exibição do pedido que foi compartilhado centenas de milhares de vezes na internet.

Entre coraçõezinhos e elogios dos internautas, uma das perguntas mais frequentes, em tom de brincadeira, foi: "como assim, a aliança numa caixinha vermelha?!", já que as noivas torcem para o tricolor gaúcho, arquirrival do colorado (Imagem: Reprodução/Twitter)

"Quer casar comigo?"

"Me veio essa ideia depois de um jogo, e fui atrás pra ver se já tinha acontecido um pedido de casamento na Arena. Vi que sim, liguei pra área de comunicação e me pediram pra enviar um e-mail. Prontamente me retornaram e iniciamos as tratativas de quando seria e como. Ficamos semanas em contato até a confirmação de todos os detalhes", entrega Juliana, que fez o pedido, mas nem sonhava que o momento viralizaria. "A Nick tem muitos amigos gremistas que estavam lá, mas tirando isso, não imaginávamos essa repercussão. Foi tudo tão lindo!..".

Juliana, que é empresária, e Nicolli, estudante de gastronomia, se conhecem há 15 anos, desde pequenas, mas naquela época não imaginavam que o futuro lhes reservava algumas surpresas. "Ela é a melhor amiga da minha irmã mais velha, mas pela nossa diferença de idade (Juliana tem 29; Nicolli, 22), a preferência por lugares nunca foi a mesma, então acho que a vida estava guardando esse momento pra depois. Com o fim do casamento da minha irmã, começamos a sair mais juntas e, consequentemente, nos tornamos mais próximas", conta Nicolli.

Juliana e Nicolli, que adoram trocar declarações apaixonadas nas redes sociais, devem se casar em 2020 (Foto: Arquivo Pessoal)

"Nunca achei que apareceríamos no 'beijo do intervalo' por sermos um casal de mulheres"

"Eu sou fanática pelo Grêmio! A Juliana nunca tinha ido aos jogos antes de namorarmos, e esse ano já a levei a três! E o desejo sempre foi o mesmo: aparecer na câmera do 'beijo do intervalo', mas nunca achei que fosse acontecer, até por ser um casal de mulheres, né?!", comenta Nicolli, sobre o preconceito, dessa vez derrotado.

Neste ano, os clubes da Série A se uniram para combater a homofobia dentro e fora dos estádios (Imagem: Reprodução/Twitter)

Veja também:

Jornalista da TV Globo rebate homofobia e viraliza nas redes: "Lendária!"

O que querem as lésbicas

Piadinha machista não tem graça nenhuma e só aumenta a misoginia 

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Sobre a autora

Ana Angélica Martins Marques, a Morango, é mineira de Uberlândia, jornalista, fotógrafa e DJ. É também autora do livro de contos Quebrando o Aquário. Passou pela décima edição do Big Brother Brasil e só foi eliminada porque transformou o temido quarto branco no maior cabaré que você respeita. É vegetariana e cuida de três filhos felinos: Lua, Dylan e Mike.

Sobre o blog

Um espaço para falar de amor, sexo, comportamento feminino e feminismo com leveza e humor. Tudo sob o olhar de uma mulher esperta, que gosta de mulheres tão espertas quanto ela!

Blog da Morango